Profissão de Técnico em Mecânica se mantém em alta mesmo na crise

  • 22 de janeiro de 2020

Confira no vídeo abaixo uma reportagem  do Canal Futura sobre a importância da profissão de Técnico em Mecânica para a sociedade como um todo,  abrangendo desde os pequenos serviços domésticos, até toda a cadeia industrial. A demanda, segundo a reportagem, é constante e imune às crises, pois se trata de uma área essencial em todos os setores da sociedade.

Sobre a profissão*

A profissão de Técnico em Mecânica é regularizada e fiscalizada em níveis estadual (pelo CRT -Conselho Regional dos Técnicos Industriais) e federal (CFT – Conselho Federal dos Técnicos Industriais), sendo que o profissional deve estar registrado nestes órgãos para exercer plenamente a profissão e apresentar-se por seu título profissional .

Um técnico em mecânica atua na elaboração de projetos de produtosferramentasmáquinas e equipamentos mecânicos; planeja, aplica e controla procedimentos de instalação e de manutenção mecânica de máquinas e equipamentos conforme normas técnicas e normas relacionadas à segurança; controla processos de fabricação; aplica técnicas de medição e ensaios; especifica materiais para construção mecânica dentre outras atribuições, podendo usar sua formação para emitir laudos técnicospara patentes e registros. Os mercados de trabalho para um Mecânico de Nível Técnico estão principalmente na Indústria, nas fábricas de máquinas, equipamentos e componentes mecânicos, em laboratórios de controle de qualidade, de manutenção e pesquisa e em prestadoras de serviços e empresas cuja funcionalidade abrange a área.

*Com informações do Wikpedia

Leia também:

Sete em cada dez técnicos formados estão empregados, diz estudo

Últimas notícias

Oportunidade de cursos EAD de Geoinformação em quatro universidades federais

Os cursos são gratuitos e qualquer pessoa interessada, de qualquer região do país, pode se inscrever. Metodologia une conhecimentos de cartografia, computação e ciência da…
Ler mais...

Resolução No. 102 do CFT trata das atribuições dos Técnicos em Geologia

  Confira a resolução na íntegra:   RESOLUÇÃO Nº 102.2020 - Tec. em Geologia
Ler mais...

PDL 304/2020: vote ‘contra’ e defenda a profissão do técnico industrial!

Projeto de Decreto Legislativo para votação no site da Câmara dos Deputados pretende vetar atribuições dos técnicos descritas na Resolução CFT nº 101 Link para…
Ler mais...

Profissão de Técnico em Mecânica se mantém em alta mesmo na crise

  • 22 de janeiro de 2020

Confira no vídeo abaixo uma reportagem  do Canal Futura sobre a importância da profissão de Técnico em Mecânica para a sociedade como um todo,  abrangendo desde os pequenos serviços domésticos, até toda a cadeia industrial. A demanda, segundo a reportagem, é constante e imune às crises, pois se trata de uma área essencial em todos os setores da sociedade.

Sobre a profissão*

A profissão de Técnico em Mecânica é regularizada e fiscalizada em níveis estadual (pelo CRT -Conselho Regional dos Técnicos Industriais) e federal (CFT – Conselho Federal dos Técnicos Industriais), sendo que o profissional deve estar registrado nestes órgãos para exercer plenamente a profissão e apresentar-se por seu título profissional .

Um técnico em mecânica atua na elaboração de projetos de produtosferramentasmáquinas e equipamentos mecânicos; planeja, aplica e controla procedimentos de instalação e de manutenção mecânica de máquinas e equipamentos conforme normas técnicas e normas relacionadas à segurança; controla processos de fabricação; aplica técnicas de medição e ensaios; especifica materiais para construção mecânica dentre outras atribuições, podendo usar sua formação para emitir laudos técnicospara patentes e registros. Os mercados de trabalho para um Mecânico de Nível Técnico estão principalmente na Indústria, nas fábricas de máquinas, equipamentos e componentes mecânicos, em laboratórios de controle de qualidade, de manutenção e pesquisa e em prestadoras de serviços e empresas cuja funcionalidade abrange a área.

*Com informações do Wikpedia

Leia também:

Sete em cada dez técnicos formados estão empregados, diz estudo